Concerto de Michael Rische reverte a 100% para a criação de Centro de Promoção das Gerações Autónomas

No próximo dia 3 de maio, graças à generosidade da Fundação Bartholomeu dos Alemães de Lisboa e do Goethe-Institut Portugal, irá decorrer neste auditório um concerto de piano do conceituado artista Michael Rische, cuja receita reverterá 100% a favor da nossa missão, mais concretamente para as obras de reabilitação da sede da Associação, recentemente atribuída pela Câmara Municipal de Lisboa.

O objetivo é transformar este espaço num Centro de Promoção das Gerações Autónomas, para o desenvolvimento de iniciativas, formação e treinos de autonomia de jovens com perturbação ligeira do desenvolvimento intelectual .

São apenas 160 lugares disponíveis ao preço único de 15€. Os bilhetes estão à venda na ticketline e nos pontos de venda habituais.

Agradecemos todas as partilhas que puderem ser feitas!

Biografia

Michael Rische faz parte de um pequeno grupo de músicos, mesmo em termos internacionais, que enriquecem de forma consistente o panorama musical com as suas descobertas.

Isso não implica necessariamente uma contradição com o repertório padrão. Afinal, ao gravar os concertos para piano de Beethoven (No. 3 em C maior) e Mozart (No. 20 em D menor), o pianista também seguiu um caminho incomum: são as únicas gravações que oferecem a possibilidade ao ouvinte de escolher entre cadências de diferentes épocas.

Porém, o seu empenho relativamente à música do século XX contrasta com suas descobertas: as estreias originais ou os primeiros de concertos para piano de George Antheil (2001, Londres) e Erwin Schulhoff (1993, Augsburg), bem como gravações de outras obras no estilo “jazzístico” de Copland, Honegger, Gershwin e Ravel, renderam-lhe uma reputação internacional.

Após gravar composições sobre as notas “B-A-C-H”, de Johann Sebastian Bach, até aos dias de hoje e aquando do aniversário do compositor, em 2000, Michael Rische tem-se empenhado, com crescente sucesso, em consagrar os quase esquecidos concertos de piano do seu filho Carl Philipp Emanuel no panorama musical.

Desde 2011 que as suas gravações se têm destacado nos media, nomeadamente no Der Spiegel, Classics on-line ou fonoforu.

Durante o ano de aniversário de Carl Philipp Emanuel, em 2014, o MDR, em Leipzig, transmitiu ao vivo, para toda a Europa, dois dos seus concertos para piano.

Michael Rische, nascido em Leverkusen, estudou em Düsseldorf com Max Martin Stein (piano) e Milko Kelemen (composição). Recebeu inspiração adicional de Rudolf Serkin, Pierre Boulez e Nicolaus Harnoncourt.

Tem colaborado com Sylvain Cambreling, Yuri Simonow, Christoph Poppen, Grant Llewellyn, Michael Boder, Wayne Marshal e Rumon Gamba, e com orquestras como a Staatskapelle Berlin, a WDR Symphony Orchestra, em Colónia, a Radio Symphony Orchestra Berlin, a Orchestre National de Belgique, a Orquestra Sinfónica Alemã de Berlim, a Sinfónica de Bamberg e a Orquestra Sinfónica da BBC, em Londres. Tem realizado concertos na Europa, Israel, EUA e China.

Michael Rische foi artista residente no Festival Internacional Kurt Weill, em Dessau, e é também professor na Academia de Música de Colónia.

O seu mais recente trabalho discográfico foi gravado conjuntamente com a Orquestra de Câmara da Filarmónica de Berlim e com os Solistas de Barroco de Berlim. Ao longo da sua carreira, Michael Rische editou como solista nas editoras EMI, Universal, Sony e Hänssler CLASSIC.

No comments
wb_gestaoConcerto de Michael Rische reverte a 100% para a criação de Centro de Promoção das Gerações Autónomas
Ler mais

In Bocca al Lupo abre pizzaria solidária com forno de lenha no Alentejo

In Bocca al Lupo abre pizzaria solidária com forno de lenha no Alentejo

O restaurante de Lisboa tem um novo espaço em São Teotónio, no interior do Craveiral Farmhouse

Há mais um restaurante para experimentar as pizzas do In Bocca al Lupo. O espaço do Príncipe Real, em Lisboa, abriu há cinco anos, mas desde 15 de junho que está também no Alentejo, em São Teotónio, no interior do Craveiral Farmhouse. As opções são biológicas, preparadas com ingredientes que chegam da quinta local e cozinhadas num forno de lenha. É um projeto solidário, já que por cada pizza vendida, 1€ é doado à associação VilacomVida.

Desde março de 2018 que Pedro Franca Pinto, o responsável pelo projeto de alojamento, teve a ideia de abrir este espaço. Conheceu uma das fundadoras da associação VilacomVida que lhe falou da empregabilidade de pessoas com défice cognitivo. Lembrou-se de um restaurante idêntico que conheceu nos Estados Unidos e começou a ver quais seriam as possibilidades de fechar uma parceria do género com uma pizzaria.

Falou com Ágata Mandillo, a responsável pela In Bocca al Lupo, que facilmente aceitou a ideia. E pronto, foi assim que abriu a Craveiral Pizzeria com Vida by in Bocca Al Lupo.

“O projeto fez sentido na nossa filosofia. É a concretização de uma maneira de estar. Demos o nosso no know how à equipa que está trabalhar com o Pedro [Franca Pinto]”, explica Ágata à NiT.

A VilacomVida contactou a Associação de Paralisia Cerebral de Odemira. Aí foram escolhidas três pessoas, numa fase inicial, para trabalharem na pizzaria. Vão ficar responsáveis pela preparação, finalização e pelo serviço de mesa. Mais tarde, quanto estiverem mais familizaridos com o negócio, passam para o forno de lenha.

As pizzas serão sempre feitas com ingredientes sazonais, daí que as opções podem variar dentro de alguns meses. Neste momento, estão disponíveis seis opções. Tem a pizza margherita (12,50€); a diavola, com linguiça picante (14€); a funghi, com cogumelos (13,50€); a com pesto caseiro e mozzarella (14,50€); a Orverde Craveiral, com acelgas, sultanas e requeijão (16,50€); ou a com queijo vegan e manjericão (14€).

Podem ainda ser acrescentados ovos (2€), cogumelos (2,50€), mozzarella (3,50€), parmesão (3,50€), tomate cereja (3€), rúcula (3€) ou mais linguiça (4€), se preferir. A Craveiral Pizzeria com Vida funciona entre quarta-feira e domingo, aos almoços (entre as 13 e as 15 horas); e aos jantares, entre as 20 e as 23 horas.

Está inserida no Craveiral Farmhouse, um projeto com nove hectares composto por 38 casas separadas em quatro núcleos. Aqui encontra ainda uma quinta pedagógica, quatro piscinas, ginásio e uma pequena loja.

Fonte: nit.pt

No comments
wb_gestaoIn Bocca al Lupo abre pizzaria solidária com forno de lenha no Alentejo
Ler mais

A nova pizzaria do Craveiral que também é um projeto social

Mais que um turismo rural, o Craveiral Farmhouse é um projeto de vida. Não é de estranhar, portanto, que o “motor” do novo restaurante do sítio tenha três jovens adultos que acabam de ser integrados na sociedade. Conheça a história.

Três projetos que aparentemente não se ligariam deram origem, assim, à Craveiral Pizzeria com Vida by In Bocca al Lupo, onde neste momento estão empregados três jovens-adultos que receberão formação específica e ficarão responsáveis pelos trabalhos de preparação, finalização e serviço de mesa do menu de pizzas. Em função do seu desempenho, poderão também no futuro ficar responsáveis pelas manobras do forno a lenha, e a equipa dessa forma ser alargada a mais elementos (em princípio, pelo menos mais três).

Tal como de resto tudo no Craveiral, que não é apenas mais um hotel na costa alentejana. Este é um projeto de vida e para a vida, com uma forte componente humana. Assim, já é possível visitar a novíssima Craveiral Pizzeria com Vida by In Bocca Al Lupo que abriu oficialmente no dia 15 de junho de 2019. Com produção artesanal em forno a lenha, o menu é composto por um total de seis pizzas, cujas receitas foram pensadas pela pizzaria In Bocca Al Lupo e misturam produtos locais e biológicos, ora retirados diretamente da horta do Craveiral, ora quase todos adquiridos em pequenos produtores locais da região. Por cada pizza vendida, €1 é doado à Associação VilacomVida. Imperdíveis? Tão incrível como este projeto, a pizza OrVerde Craveiral, que tem mozzarella, acelgas da horta, sultanas, parmigiano-reggiano, e requeijão da Queijaria do Mira (e que pode ser feita em versão 100% vegan).

Onde? Craveiral Farmhouse – EM 501, Km 4, São Teotónio, Beja, Portugal

Quando? Quarta-feira a domingo, das 13h às 15h e das 20h às 23h Reservas 283 249 170

Fonte: www.maxima.pt

No comments
wb_gestaoA nova pizzaria do Craveiral que também é um projeto social
Ler mais

No Craveiral nasceu uma pizzaria com produtos frescos e que emprega pessoas com défice cognitivo

Três forças uniram-se e criaram um projeto onde há sustentabilidade ambiental, social, pizzas orgânicas e vista para o Alentejo vicentino.

o universo dos significados, o número três parece ser especial. Na numerologia é sinónimo de sensibilidade e expressão. Para os chineses, é o número perfeito, porque junta o céu, a Terra e, como resultado das suas existências, a humanidade. Espiritualmente, tem várias interpretações. É, por exemplo, no cristianismo, o número da Santíssima Trindade, aquela que é composta pelo Pai, Filho e Espírito Santo; é o número dos principais deuses na religião hindu (Brahma, Vishnu e Shiva), bem como na cultura antiga do Egito (Ísis, Osíris e Hórus).

Também para os lados da Costa Alentejana há uma tríade perfeita. O Craveiral Farmhouse, um empreendimento turístico em Odemira, inaugurado em 2018, juntou-se ao In Bocca Al Lupo, o primeiro restaurante italiano biológico de Lisboa, e à Associação VilacomVida, uma instituição particular de solidariedade social e organização não governamental para a pessoa com deficiência com personalidade jurídica, para fazer nascer o projeto que já tinha sido idealizado, mesmo antes da abertura do turismo rural. O Craveiral Pizzeria Com Vida In Bocca Al Lupo passou a estar disponível, oficialmente, a 15 de junho, e é um dos serviços integrados no restaurante desta unidade hoteleira.

Da junção destas três forças distintas, garantem-se várias coisas: um espaço inclusivo, com a melhor das paisagens alentejanas, com lugar para pessoas que dificilmente têm oportunidades no mercado de trabalho (muito por ideias pré-concebidas, porque, a realidade é que são capazes de aprender e de executar tarefas) e ainda pizzas feitas de raiz, em forno de lanha, pintadas com ingredientes sazonais e locais — tão locais que a carta, composta por seis pizzas, colheu os ingredientes da horta do empreendimento turístico, tendo ido buscar os restantes a produtores locais.

“Biológico é bom, mas local é ainda melhor. Então se for da horta, é ouro sobre azul”, diz à MAGG Ágata Mandillo, 36 anos, a cabeça por detrás da carta e a proprietária do restaurante In Bocca Al Lupo, aberto desde 2014 junto da Praça as Flores, em Lisboa. Ficam alguns exemplos das pizzas que resultam da parceria com o Craveiral Farmhouse nas imagens abaixo.

As pessoas também importam. Na pizzaria de Odemira fortalece-se a componente de consciência e sustentabilidade social, com a ligação à Associação VilacomVida, que, fazendo a ponte com a a APCO — Associação de Paralisia Cerebral de Odemira, selecionou uma pessoa para trabalhar neste projeto. Nos planos está o aumento da contratação. Com formação especifica, ficam responsáveis por tarefas de preparação, finalização ou serviço de mesa, no que se refere apenas ao menu de pizzas.

“É a primeira experiência de trabalho dele, é o primeiro contrato de trabalho dele. Tem sido muito gratificante quer para ele, quer para nós”, explica à MAGG Pedro Franco e Pinto, proprietário do Craveiral Farmhouse, referindo-se a João (nome fictício), o novo funcionário do restaurante com défice cognitivo. “Queremo-lo em tarefas que sejam confortáveis para ele e para nós. A ideia é tratá-lo como um colaborador normal. Isso é o que lhe dá mais autonomia e isso é que o vai fazer feliz. Dito isto, temos de encontrar tarefas adaptadas às suas capacidades.”

Que tarefas está ele a executar? “Leva as pizzas à mesa, faz a ponte entre a zona das pizzas e a cozinha. Dá também apoio na reposição de produtos e no balcão. Fora do horário da pizzaria, assegura na limpeza do espaço e na preparação da montagem das mesas.”

Craveiral Pizzeria Com Vida In Bocca Al Lupo

Morada: Craveiral Farmhouse – EM 501, Km 4, São Teotónio, Beja, Portugal

Horário: Quarta-feira a domingo, das 13h às 15h e das 20h às 23h

Fonte: www.magg.pt

No comments
wb_gestaoNo Craveiral nasceu uma pizzaria com produtos frescos e que emprega pessoas com défice cognitivo
Ler mais