Team meeting: Workshop Comunicação

No dia 18 de Junho reunimos, no Ferroviário, em Lisboa, a equipa e os nossos incríveis parceiros de comunicação (Massive Reach e Independence), para um momento muito especial. Nos quase 5 anos de vida que estamos prestes a comemorar, a VilacomVida cresceu muito. A estratégia e o modelo de impacto escolhidos deram frutos e hoje é possível, graças à aposta do Portugal Inovação Social e dos doadores, termos uma equipa à medida da ambição da missão que nos propomos realizar.

Foi assim com grande entusiasmo, que partilhámos sucessos e aprendizagens, debatemos pontos fortes e pontos fracos, ameaças e oportunidades, comunicámos objetivos e visão de crescimento, sempre com o privilégio de podermos ouvir e registar cada contributo-chave para preparar a próxima fase do nosso crescimento.

Agradecemos ao Ferroviário pelo espaço de trabalho tão adequado que nos proporcionaram, que possibilitou brindar – cereja no topo do bolo – com vista para o rio Tejo – ao sucesso dos trabalhos e tudo o mais que está para vir com a enorme responsabilidade da representação da marca Café JOYEUX em Portugal 😉

No comments
wb_gestaoTeam meeting: Workshop Comunicação
Ler mais

Leilão Solidário JOYEUX

O primeiro Leilão Solidário JOYEUX, realizado no passado mês de Maio em formato 100% online na plataforma especialmente criada para o efeito, e em parceria com a ART|FORM ART CONSULTANCY, teve por objetivo ajudar a terminar a angariação de fundos para abrir o primeiro café-restaurante da marca Joyeux em Portugal.

Assim, de 21 a 30 de maio estiveram a leilão cerca de 60 obras de mais de 40 artistas plásticos e criadores nacionais e internacionais. Estes artistas doaram – total ou parcialmente – as suas obras ou aceitaram participar nesta iniciativa. Durante os dias do leilão, a galeria ART|FORM abriu as suas portas para que quem tivesse interesse, pudesse ir ver presencialmente as obras, tendo estas visitas culminado num pequeno evento realizado em parceria com o Hotel Palácio, em que licitadores e interessados puderam encontrar-se em torno das suas obras preferidas.

Sob o claim “licite com o coração”, foram 30 os licitadores, de várias nacionalidades, que disputaram a grande maioria das obras disponíveis. Com 30 licitações únicas, foi possível angariar perto de 35 000€ para a realização deste grande passo que, estamos certos, será determinante na realização pessoal e profissional de muitas pessoas com tanto talento e capacidade para revelar.

Foram 10 dias de muita emoção e adrenalina em foi possível perceber que a maioria das pessoas que licitavam o faziam não só por amor à arte, mas também (e talvez sobretudo) por saber que estavam a ajudar a criar um projeto com futuro para tantas pessoas. Esta foi a primeira de muitas ações de angariação de fundos do Joyeux em Portugal, que com a abertura em 2021 começará uma longa história de criações de cafés-restaurantes inclusivos e solidários, ajudando Portugal a tornar-se um país em que todos têm o seu lugar.

Só nos resta agradecer uma vez mais a participação de todos os artistas, parceiros, licitadores e embaixadores do projeto, sem os quais nada disto teria sido possível.

 

No comments
wb_gestaoLeilão Solidário JOYEUX
Ler mais

Parceria com Alma e com Vida!

O programa OntheJob tem como objetivo a inclusão de jovens com Dificuldades Intelectuais e do Desenvolvimento (DID) numa formação em contexto real de trabalho na área da restauração. Ao mesmo tempo que os formandos realizam a sua prática profissional, desenvolvem também competências essenciais para a sua empregabilidade no sector. O programa é atualmente financiado pelo programa “Parcerias para o Impacto”, do Portugal 2020 e tem como parceiro a Cozinha com Alma, espaço onde decorre, em contexto inclusivo, a formação dos nossos super-heróis. o.

A parceria feita com alma e com muita vida, transforma os jovens e não só, já que as competências desenvolvidas têm repercussão positiva, quer para as famílias que podem contar com um filho mais autónomo em casa , quer para a comunidade, que experiencia a mais-valia da inclusão.

Atualmente, temos três jovens na equipa de cozinha, que os recebeu de forma acolhedora, ensinando-os a irem mais longe.

Bastou uma semana para se notar uma interação positiva entre os elementos da cozinha e os jovens.

Os formandos são acompanhados por uma técnica e um tutor que, de forma articulada, os acompanham na aprendizagem de competências específicas na área da cozinha e outras essenciais para a integração laboral – sociais, emocionais, relacionais e académicas. Todo o programa é desenhado à medida.

Os jovens já estão familiarizados com a equipa e com as rotinas da cozinha, sendo capazes de realizar algumas tarefas e procedimentos com autonomia, como o fardar-se, vestir os equipamentos de segurança (touca, luva, avental), realizar o embalamento (tapar caixas, colocar etiquetas, armazená-las na caixa) e descascar legumes e frutas.

Com dois meses passados do arranque do projeto, vemos que cada um dos jovens revelam os seus talentos: a Sofia, que já descasca camarões como ninguém, a Marlene que já sabe verificar a temperatura dos pratos que podem ser embalados e o André que já faz o embalamento dos pratos e os armazena na caixa.

Para o jovem André, “é bom trabalhar aqui. Gosto de tapar as caixas e de pôr etiquetas. A Sofia diz “todos são muito simpáticos e ajudam quando temos dúvidas”. Já a jovem Marlene relata “gosto do trabalho e de aprender coisas novas”.

Isto reforça a nossa certeza de que daqui sairão importantes aprendizagens e passos seguros, rumo a um futuro autónomo.

Continuação de bom trabalho!

No comments
wb_gestaoParceria com Alma e com Vida!
Ler mais

A mais-valia da Inclusão: Projeto CookiescomVida na cozinha do Chakall

De Maio a Junho a equipa das CookiescomVida teve a possibilidade de desenvolver o seu trabalho no restaurante El Bulo Social Club, by Chakall. Potenciar a ação das Cookies num parceiro convida à transformação individual e coletiva, tanto da equipa, como junto dos trabalhadores e clientes da empresa. Uma evidência clara na visão da VilacomVida, mas que gostamos sempre de contar e partilhar.

Para os nossos super-heróis, ter a hipótese de trabalhar numa cozinha industrial, e ao mesmo tempo, partilhar o mesmo espaço com a restante equipa do El Bulo foi convite para nos transformarmos, tanto a nível individual como a nível coletivo.

Foi um convite para partilharmos os nossos talentos e – ao partilharmos o mesmo espaço – potenciar a entreajuda, e fazer parte da diferença. Foi um convite para nos sentirmos mais motivados, mais cooperativos, e no final do dia, foi também um convite a transformar o/a cliente, o empregado/a mesa e o ajudante de cozinha.

O Cozinheiro Nando, disse-nos: ”Por um lado, foi bom para os jovens terem a oportunidade de trabalhar numa cozinha a sério.  Mas eu passava todos os dias junto de vocês e gostava de saber o que estavam a fazer e gostava de os ouvir a explicarem…porque me motivava! Nem sempre estamos a 100%, e por vezes não estamos tão bem. Sabia que ao passar por eles tinha de estar bem. Às vezes estava zangado ou triste e passava por lá … e o meu espírito mudava logo. O olhar deles, a educação, a constante motivação e alegria, estavam sempre prontos para oferecerem sorriso e ajuda. Assim motivavam-me e saia de lá com um sorriso. Na verdade, gostava que tivéssemos mais oportunidades destas. (…)  Motivação é a palavra que define esta experiência”. Desta forma o Cozinheiro Nando, na despedida, não resistiu e propôs continuar de alguma forma esta partilha e assim vai estar novamente com a equipa das CookiescomVida e ensinar-lhes uma das suas especialidades!

A Gerente Enrica Pezzi recorda o primeiro dia “Entraram aqui calados e muito envergonhados, e a importância que deram de estar num restaurante aberto ao público, foi muito emocionante.  Consegui aperceber-me, neste tempo, da mudança que cada um teve: cada dia via-os a sentirem-se mais confortáveis, muito organizados. Foi muito bom.  A discrição de cada um, a educação, a simpatia, a forma de estar e trabalharem, a organização… e ver trabalharem sempre com tanto entusiasmo… cativa!

Esta transformação reflete-se também em casa dos jovens e uma mãe refere “A minha filha está mais comunicativa. Está feliz. Ela comunica mais, canta em casa, nota-se uma diferença muito grande. Já tira a roupa da máquina de lavar sozinha. Ter uma rotina é essencial.”

Quanto aos nossos super-heróis, o facto de verem outros elementos a trabalharem, de conhecerem outras pessoas que também estavam a trabalhar no mesmo local, verem clientes e os pedidos a serem feitos, foi muito enriquecedor. A presente experiência potenciou a consolidação de aprendizagens associadas ao saber estar, saber ser num contexto real de trabalho e acima de tudo, promoveu interações construtivas, a entreajuda e a partilha.

Tanto assim foi que os nossos jovens repetiram “Quando receber o meu ordenado vou querer jantar aqui com a minha família e pagar o jantar”.

Obrigado a toda à equipa El Bulo Social Club, by Chakall!

Voltaremos sempre e que seja sempre para celebrar o primeiro ordenado das próximas gerações autónomas 😉

No comments
wb_gestaoA mais-valia da Inclusão: Projeto CookiescomVida na cozinha do Chakall
Ler mais

JOYEUX lança leilão solidário online para assinalar a sua chegada a Portugal

Para assinalar a chegada da marca JOYEUX a Portugal, será lançado a 21 de maio, um leilão solidário online que, ao longo de 10 dias, reúne mais de 40 nomes de reputados artistas plásticos e criadores nacionais e internacionais, que doaram as suas obras a favor das obras do 1º café-restaurante Joyeux em Portugal, cuja abertura está prevista para este Verão, em Lisboa.

Sob a assinatura “Licite com o Coração”, em parceria com a ART|FORM ART CONSULTANCY, a iniciativa decorrerá numa plataforma desenvolvida especificamente para o efeito, alojada no sítio da associação VilacomVida – em www.vilacomvida.pt/leilaosolidario – que representa em exclusivo a marca em Portugal, e apresentará cerca de 50 obras no total, com licitações que variam entre os €250 e os €5.000 euros.

Diogo Muñoz, João Noutel, Nicolas Lefeuvre, Séverine Loisel, Serena Barbieri, Alexandre Camarao, Victor Marqué, Pedro Valdez Cardoso, Catarina Botelho, Rodrigo Amado, Rui Matos, Ana Velez, Diana Menezes Cunha, Sophie Hanniet, são apenas alguns dos nomes que se quiseram associar à iniciativa solidária, que culminará no dia 30 com o sorteio, em formato live.

Recorde-se que a vinda da marca JOYEUX para Portugal ocorre depois da assinatura recente de um acordo de aliança entre a Fundação Émeraude Solidaire e a Associação VilacomVida, para o desenvolvimento do franchising da marca CAFÉ JOYEUX, os cafés-restaurantes franceses que formam e empregam pessoas com perturbações do desenvolvimento intelectual. A assinatura deste acordo estabelece a exclusividade da representação da marca JOYEUX em Portugal pela Associação VilacomVida, cujo objetivo é a criação de 5 a 7 cafés-restaurantes JOYEUX no território português até 2026, permitindo desta forma o emprego de perto de uma centena de colaboradores Joyeux. Além de Portugal, o CAFÉ JOYEUX tem previstas outras aberturas na Europa nos próximos meses.

“A história dos CAFÉS JOYEUX escreve-se a cada dia que passa. Que orgulho para as nossa equipas e para nós próprios, o de ver o nosso conceito desenvolver-se no vosso país. Continuar a nossa missão por um mundo mais inclusivo internacionalmente é, para nós, um sonho, que se vai tornar realidade, graças a vós. Porque não há fronteiras para a inclusão. Obrigado à Filipa e a toda a sua equipa por estes meses de partilha que permitiram a implantação da nossa empresa solidária no vosso território, através da marca JOYEUX. Juntos, mudemos o olhar sobre a diferença e atuemos em prol da inclusão! Bem-vindos à nossa “joyeuse”/feliz família.” Yann et Lydwine Bucaille co-fondateurs do CAFÉ JOYEUX.

Siga-nos nas redes sociais para descobrir as nossas « joyeuses » aventuras em Portugal.

No comments
wb_gestaoJOYEUX lança leilão solidário online para assinalar a sua chegada a Portugal
Ler mais

Balanço da primeira fase projeto CookiescomVida, as bolachas super-poderosas!

O projeto “CookiescomVida” nasceu de uma ideia de, em cenário de pandemia, envolver os jovens que acompanhávamos para que não regredissem na sua aprendizagem por estarem parados em casa no confinamento de Março de 2020. Assim, potenciamos a sua capacitação, por um lado, e, por outro, a sua motivação, através de uma atividade que estimula a revelação dos seus talentos.

O projeto foi candidato ao Prémio BPI “La Caixa” Capacitar 2020, uma iniciativa do Banco BPI e da Fundação “La Caixa” – para o qual foram recebidas 129 candidaturas de instituições sem fins lucrativos – e foi, com muito orgulho, que soubemos estar entre os 28 premiados.

Nesta primeira fase e com o apoio do Prémio BPI Capacitar 2020 foi possível envolver 5 jovens com desafios intelectuais de desenvolvimento e outros tantos voluntários no processo de produção destas bolachas superpoderosas. Uma tutora na área da restauração e uma técnica superior foram afetas ao projeto, que contou com uma intervenção de 150 horas. Assim, e entre os meses de dezembro de 2020 e abril 2021, esta equipa já produziu cerca de 400 pacotes de bolachas, angariou 1.400€ para a nossa missão e revelou muitos talentos!

Trabalhámos em vários espaços:  Fundação Arpad Szènes-Vieira da Silva, Café JLL, o Centro de Gerações Autónomas e n’O Frasco. Nem os constrangimentos causados pela pandemia nos pararam e durante o confinamento mudámo-nos para o online, com o Plano #LockdowncomVida. Realizámos encontros individuais e em grupo para refletir, conversar e dar continuidade ao desenvolvimento da aprendizagem na área da restauração.

Se no início do programa os jovens revelavam algumas dificuldades no trabalho em equipa, na utilização dos equipamentos na cozinha e em conseguir executar as tarefas com maior autonomia, com uma intervenção feita à medida e com a implementação de estratégias específicas, desenvolveram um trabalho mais autónomo em diferentes áreas.

Os jovens já sabem fardar-se, usar equipamentos de proteção individual (máscara, luvas, touca…), selecionar os utensílios específicos para cada etapa de produção e, com a mão na massa, aprenderam as técnicas para misturar os ingredientes, fazer o corte, a cozedura e o embalamento das cookies. Estas conquistas foram possíveis, devido a um trabalho onde as diferenças e as dificuldades eram vistas pela perspetiva da mais-valia.

Ao longo do projeto, muitos talentos foram revelados, como a proatividade da Lurdes, a perseverança da Carmo, o rigor no trabalho da Sofia, o envolvimento do André e a responsabilidade do David. A Carmo já pode dizer “eu já sei fazer sozinha” com alegria por conseguir fazer algumas tarefas de forma autónoma. A Lurdes disse que “gosta de trabalhar com todos e que acha importante ajudar os colegas”.

Mais do que competências técnicas na área da restauração, os jovens puderam fortalecer também as relações interpessoais, a partir do trabalho em equipa, a gestão de tarefas e a autoavaliação.

Realmente, as bolachas são cheias de vida, sabores e muitos poderes… e você, quer ajudar-nos a descobrir mais talentos?

Faça a sua encomenda e contribua para esta causa!

No comments
wb_gestaoBalanço da primeira fase projeto CookiescomVida, as bolachas super-poderosas!
Ler mais

As pessoas com deficiência são importantes para as empresas?

A nossa resposta a esta questão é sim, claro que são!

A integração de pessoas com deficiência nas empresas tem sido estudada enquanto fator que contribui para a melhoria do clima organizacional, quer do ponto de vista dos (outros) colaboradores, quer do ponto de vista da própria empresa.

A convivência com pessoas com deficiência em contexto de trabalho pode contribuir para aumentar os níveis de compreensão entre os colaboradores e, num sentido mais lato, proporcionar aprendizagens pessoais ou até mesmo, lições de vida – estar atento aos outros, a capacidade de superação e o respeito pelas diferenças.

O Clima Organizacional (CO) é um dos aspetos valorizados pelas empresas e organizações, não só porque um CO saudável está ligado à existência de um bom ambiente de trabalho e à motivação dos colaboradores, mas também a um alto nível de produtividade.

Acreditamos que a diversidade nas empresas, conseguida através da integração de pessoas com deficiência nas suas equipas, as tornará mais humanas, centradas na capacidade de resolver e ultrapassar problemas bem como reforçará o espírito de equipa e de entreajuda.

Fique a saber mais sobre os enormes ganhos da integração de pessoas com deficiência para as empresas.

No comments
wb_gestaoAs pessoas com deficiência são importantes para as empresas?
Ler mais

Café JOYEUX internacionaliza-se pelas mãos da VilacomVida

Foi assinado um acordo de aliança entre a Fundação Émeraude Solidaire e a Associação Vilacomvida, para o desenvolvimento do franchising da marca CAFÉ JOYEUX, os cafés-restaurantes franceses que formam e empregam pessoas com perturbações do desenvolvimento intelectual. A assinatura deste acordo estabelece a exclusividade da representação da marca JOYEUX em Portugal pela Associação VilacomVida. É em Lisboa e Cascais que estão previstas as primeiras aberturas, durante os anos de 2021 e 2022. O objetivo da Associação VilacomVida é a criação de 5 a 7 cafés-restaurantes JOYEUX no território português até 2026, permitindo desta forma o emprego de perto de uma centena de colaboradores Joyeux. Além de Portugal, o CAFÉ JOYEUX tem previstas outras aberturas na Europa nos próximos meses.

Em Portugal, segundo os dados disponíveis*, existem aproximadamente 600.000 pessoas portadoras de deficiência, das quais 200.000 com distúrbios mentais e cognitivos. As empresas privadas, com mais de 10 colaboradores, empregam menos de 0,5% das pessoas com perturbações do desenvolvimento intelectual e a administração pública menos de 2,3%. A maioria destas pessoas não tem acesso ao mercado de trabalho, a taxa de desemprego da população em geral decresceu 18,8% entre 2011-2016, enquanto a população com este perfil viu a mesma taxa aumentar 26,7%, o que representa uma taxa de desemprego duas vezes superior.

Para Filipa Pinto Coelho, Presidente da Associação VilacomVida: « Tendo por base estes números, é para nós um grande orgulho e privilégio, mas também uma grande responsabilidade, o desenvolvimento no nosso território da marca solidária e inclusiva JOYEUX, com a qual temos tanto em comum. A nossa missão é mudar o olhar sobre a incapacidade mental e cognitiva através do encontro e da partilha, propondo uma oferta de qualidade no âmbito da restauração, permitindo desta forma um contacto mais próximo, regular e positivo com a diferença. A assinatura deste acordo é o culminar de um longo e profundo trabalho de conhecimento mútuo entre os dois projetos, o que para a VilacomVida começou com o projeto-piloto CafécomVida”,

O conceito JOYEUX

Em 2017, nasce em Rennes, França, o CAFÉ JOYEUX, primeiro restaurante solidário que tem por objetivo formar e empregar pessoas maioritariamente portadoras de trissomia 21 ou de outro tipo de distúrbios cognitivos como o autismo. Fundado por Yann e Lydwine Bucaille, este conceito solidário e inclusivo tem por missão tornar a diferença visível, potenciar o encontro e propor mais emprego a pessoas que estão afastadas do meio laboral. A « joyeuse »/feliz casa construiu assim um modelo de negócio rentável e quer fazer da diferença uma força. 100% dos lucros resultantes do volume de negócio dos cafés-restaurantes contribuem para o desenvolvimento e abertura de novos locais em França e em breve, também em Portugal.

Segundo a filosofia da marca, os CAFÉS JOYEUX devem ser situados no coração das nossas cidades, em zonas de elevada afluência. A sua carta culinária propõe sempre produtos frescos, da época e são preparados no local por colaboradores Joyeux, privilegiando assim a economia local e circular, a sustentabilidade e o ambiente.

Após uma primeira avaliação, os “colaboradores Joyeux” são recrutados e formados por uma equipa especializada de RH, gestão, cozinha e educadores especializados, Finda a formação, os “colaboradores Joyeux” integram os cafés-restaurantes JOYEUX, com um contrato sem termo. Em função das suas capacidades e sempre acompanhados pelos seus gestores sempre atentos, ocupam várias funções da restauração: acolhimento, caixa, cozinha e serviço de sala. O JOYEUX servido com o coração, permite a cada colaborador JOYEUX ganhar confiança, experiência e de se sentir parte verdadeiramente integrante da empresa.

“A história dos CAFÉS JOYEUX escreve-se a cada dia que passa. Que orgulho para as nossa equipas e para nós próprios, o de ver o nosso conceito desenvolver-se no vosso país. Continuar a nossa missão por um mundo mais inclusivo internacionalmente é, para nós, um sonho, que se vai tornar realidade, graças a vós. Porque não há fronteiras para a inclusão. Obrigado à Filipa e a toda a sua equipa por estes meses de partilha que permitiram a implantação da nossa empresa solidária no vosso território, através da marca JOYEUX. Juntos, mudemos o olhar sobre a diferença e atuemos em prol da inclusão! Bem-vindos à nossa “joyeuse”/feliz família.” Yann et Lydwine Bucaille co-fondateurs do CAFÉ JOYEUX.

Para mais informações sobre o CAFÉ JOYEUX.

Para mais informações sobre a Fundação Émeraude Solidaire clique aqui

No comments
wb_gestaoCafé JOYEUX internacionaliza-se pelas mãos da VilacomVida
Ler mais

Projeto “Gerações Autónomas” apoiado pelo Portugal Inovação Social

O projeto “Gerações Autónomas” tem como objetivo aumentar a autonomia de 33 jovens-adultos na transição da escola para a vida adulta e ativa, através da realização de diversas atividades de capacitação em contexto de trabalho no setor da restauração.

Agradecemos ao Portugal Inovação Social e aos nossos parceiros sociais pela confiança na equipa, que nos possibilitará comprovar o sucesso da nossa estratégia e revelar os talentos destes jovens incríveis, a si mesmos e à sociedade que (ainda) pouco os conhece. Saiba mais aqui.

 

 

No comments
wb_gestaoProjeto “Gerações Autónomas” apoiado pelo Portugal Inovação Social
Ler mais

Convocatória Assembleia Geral 31/03/2021

Estimados Associados,

Nos termos do número 3 do artigo 19.º dos Estatutos da ASSOCIAÇÃO VILACOMVIDA – A MAIS VALIA NA DIFERENÇA, convocam-se todos os associados para a Assembleia Geral Anual Ordinária da Associação, a realizar-se no próximo dia 31 de março, pelas 19.30. Caso não exista quórum à hora marcada, a Assembleia realizar-se-á 30 minutos depois, com os associados presentes.

Dadas as restrições existentes por força da pandemia em curso, a Assembleia Geral será realizada exclusivamente por meios eletrónicos, através do recurso ao aplicativo Teams. Apenas poderão ser admitidos os associados cujos endereços de correio eletrónico estejam inscritos na Associação, pelo que se solicita que, até às 20 horas do dia 26 de Março aqueles Associados que não tenham ainda registado o seu correio eletrónico junto da Associação o façam, mediante contacto telefónico prévio para o número 961559196, a fim de se promover a respetiva identificação.

A ordem de trabalhos consta dos seguintes pontos:

Ponto Único: Aprovação de Relatório e Contas referente ao exercício de 2020, acompanhados do respetivo parecer do órgão de fiscalização.

A presente convocatória é enviada por correio eletrónico a todos os Associados que nisso consentirem.

Para este efeito, solicita-se ainda, e também para atualização dos registos das Associação, que em resposta ao presente aviso convocatório seja prestado o referido consentimento, bastando para o efeito uma mera resposta com a expressão ‘consinto’ ou similar (como ‘de acordo’ ou ‘autorizo’).

De igual modo, o presente aviso convocatório será afixado na sede da Sociedade, no seu sítio institucional (em www.vilacomvida.pt) e nos locais que existam de acesso público na sede da Associação.

Os documentos referentes aos diversos assuntos constantes da ordem de trabalhos deverão ser disponibilizados, na sede e no sítio institucional da Associação, nos termos previstos nos respetivos estatutos.

Lisboa, 16 de março de 2021

João Gomes da Silva

(Presidente da Mesa da Assembleia Geral)

Relatório & Contas 2020

Parecer Conselho Fiscal

 

No comments
wb_gestaoConvocatória Assembleia Geral 31/03/2021
Ler mais